Para o G.
a eletricidade é um meio de desequilíbrio, podemos perder a visibilidade das coisas,
há que ver as casas pelas veias.

Rute Castro








...a sombra dita a luz
não ilumina  realmente  os objectos
os objectos vivem às escuras
numa perpétua aurora surrealista
com a qual não podemos contactar
senão como amantes
de olhos fechados
e lâmpadas nos dedos    e  na boca.


Mário Cesariny