"  o belo tem fonte anterior
       e sede de criaturas"



Rute Castro, O Sangue das Flores, Artefacto, 2014